Sebinho-de-penacho – (Lophotriccus galeatus)

Sebinho-de-penacho

O sebinho-de-penacho Lophotriccus galeatus é uma ave passeriforme da família Rhynchocyclidae. Ocorre no Brasil, na Venezuela, Colômbia, Peru e nas Guianas.

Sebinho-de-penacho {field 11}
  • Nome popular: Sebinho-de-penacho
  • Nome inglês: Helmeted Pygmy-Tyrant
  • Nome científico: Lophotriccus galeatus
  • Família: Rhynchocyclidae
  • Sub-família: Todirostrinae
  • Habitat: Ocorre na parte ocidental da Amazônia acima do rio Amazonas (AM, RR), Na parte oriental da Amazônia pode ocorrer em ambos os lados do rio Amazonas, à direita do rio Tapajós ( PA, AP, MT, MA ). Encontrado também nos países vizinhos, na Venezuela, Colômbia, Peru e nas Guianas.
  • Alimentação: Alimenta principalmente de insetos e outros pequenos artrópodes.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho em formato de bola, com entrada lateral, pendurado em galhos de arbustos ou árvores.
  • Estado de conservação:

    Pouco preocupante

Sebinho-de-penacho {field 32}

Características:

Mede em média 10 centímetros. Tem a coloração geral olivácea, um pouco mais escuro nas asas e cauda. Peito e garganta esbranquiçados com estrias irregulares oliváceas. Destaque para as penas da coroa, mais compridas, na coloração cinza escura, ornadas de cinza oliváceo claro. Asas sem marcas ou com marcas muito discretas. Íris amarela bem clara, quase branca. Este pássaro é comumente visto ao lado da maria-fiteiraLaphotriccus vitiosus, espécie da qual se distingue pelas asas sem marcas.

Sebinho-de-penacho {field 28}

Comentários:

Frequentam os níveis médio e baixo de florestas, florestas secundárias, campinas e campinaranas, bordas de matas de terra firme.

Sebinho-de-penacho {field 20}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *