Caminheiro-zumbidor – (Anthus chii)

O caminheiro-zumbidor Anthus chii é uma ave da família Motacillidae, é conhecido também como: corredeira, sombrio, codorninha-do-campo, foguetinho, peruinho-do-campo, peruzinho e martelinha. Ocorre no Panamá e em quase todos os demais países da América do Sul, com exceção do Equador

Caminheiro-zumbidor Foto – Edgard Thomas
  • Nome popular: Caminheiro-zumbidor
  • Nome inglês: Yellowish Pipit
  • Nome científico: Anthus chii
  • Família: Motacillidae
  • Habitat: Ocorre em todo o Brasil nas regiões campestres quentes, estando ausente de áreas densamente florestadas, como alguns locais da Amazônia. Encontrado também no Panamá e em quase todos os demais países da América do Sul, com exceção do Equador.
  • Alimentação: Alimenta-se de invertebrados caçados em características corridas entre o capim baixo e no solo. Quando escasseia o alimento de origem animal, no inverno por exemplo, ingere sementes.
  • Reprodução: Constrói um ninho de capins sobre o chão e embaixo de uma touceira. Ovos brancos com denso salpicado de marrom ou cinza.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante.
Caminheiro-zumbidor Foto – Edgard Thomas

Características:

Tem uma mistura de rajados e bolas cinza escuras contra um fundo claro. Na barriga, um pouco mais amarelada, sem as cores escuras. A silhueta é de uma ave longilínea, acentuada pelo bico fino e a longa cauda. Tem pernas longas, finas e alaranjadas ou amareladas. Mede cerca de 13 cm.

Possui três subespécies:

  • Anthus lutescens lutescens (Pucheran, 1855) – ocorre na savana do leste da Colômbia até a Venezuela, nas Guianas, no Brasil e na Argentina;
  • Anthus lutescens parvus (Lawrence, 1865) – ocorre na savana do oeste do Panamá;
  • Anthus lutescens peruvianus (Nicholson, 1878) – ocorre na costa norte do Peru, na região de Lambayeque até o extremo norte do Chile, na região de Tacna.
Caminheiro-zumbidor Foto – Edgard Thomas

Comentários:

campos, beiras de lagos, rios e pântanos. É de difícil observação, tanto por suas cores, como pelo hábito de preferir afastar-se caminhando a voar. Também agacha-se no meio dos capins e camufla-se bem com o entorno. Anda e corre rente ao solo, empoleirando-se pouco e evitando voar. Quando perseguido agacha-se no solo, ocultando-se atrás de um monte de terra ou do capim. Expandiu-se com a ocupação agrícola e de pastoreio, tendo se adaptado a cidades com gramados extensos. Em algumas regiões de São Paulo é possível observá-la nas faixas de areia ocupadas por gramíneas de algumas praias. Migra após a época da reprodução e não canta durante a migração.

Caminheiro-zumbidor Foto – Edgard Thomas

Referências & Bibliografia:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • Wikipédia – disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Caminheiro-zumbidor Acesso em 28 Agosto de 2016.
  • Wikiaves – disponível em http://www.wikiaves.com.br/caminheiro-zumbidor Acesso em 28 Agosto de 2016.

Caminheiro-de-barriga-acanelada – (Anthus hellmayri)

O caminheiro-de-barriga-acanelada Anthus hellmayri é uma ave da família Motacillidae. Ocorre no Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai, Uruguai.

Caminheiro-de-barriga-acanelada {field 12}
  • Nome popular: Caminheiro-de-barriga-acanelada
  • Nome inglês: Hellmayr’s Pipit
  • Nome científico: Anthus hellmayri
  • Família: Motacillidae
  • Habitat: Ocorre na Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai, Uruguai e é uma das cinco espécies que ocorrem no Brasil. Ocorre em campos secos e áreas pedregosas na Região Sul e campos de altitude no Sudeste.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas e outros artrópodes.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo ninhos no solo, em forma de tigela sob moitas de capim. A fêmea incuba sozinha, mas o macho ajuda nos cuidados parentais. Põe em média 3 ou 4 ovos por ninhada.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Caminheiro-de-barriga-acanelada {field 12}

Características:

Mede em média 15 cm de comprimento. De cor castanho esverdeada, costuma ser identificado pelo seu canto singular; as patas são relativamente altas, o bico é fino e curto e a cauda, longa.

Caminheiro-de-barriga-acanelada {field 19}

Comentários:

Frequenta campos rupestres e campos de altitude até 2400m, campos com gramíneas baixas e terrenos limpos. Canta empoleirando-se baixo sobre arbustos ou em curtos voos verticais. Possui hábitos semelhantes aos de outros Anthus. Espécie terrícola, campestre e que se camufla muito.

Caminheiro-de-barriga-acanelada {field 21}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências

Caminheiro-de-unha-curta – (Anthus furcatus)

O caminheiro-de-unha-curta Anthus furcatus é uma ave da família Motacillidae. Ocorre no Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. Ameaçado de extinção

Caminheiro-de-unha-curta {field 11}
  • Nome popular: Caminheiro-de-unha-curta
  • Nome inglês: Short-billed Pipit
  • Nome científico: Anthus furcatus
  • Família: Motacillidae
  • Habitat: Ocorre no Brasil, apenas no estado do Rio Grande do Sul. Encontrado também ocorre na Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas e outros artrópodes, caçados caminhando no solo.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho no solo feito com gramíneas, escondido entre a vegetação alta. Põe em média 3 ou 4 ovos por ninhada.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Caminheiro-de-unha-curta {field 23}

Características:

Mede em média 14 cm de comprimento. Tem bico curto, unha do hálux curta e curvada. Cor predominante amarronzada, barriga e peito brancos com estrias marrons no peito.

Caminheiro-de-unha-curta {field 25}

Comentários:

Frequenta os campos de gramíneas de clima temperado e campos de altitude subtropicais ou tropicais, como campos justamarítimos em praias, pampas e de espinilho, por vezes ocorrendo ao lado do caminheiro-de-barriga-acanelada.

Caminheiro-de-unha-curta {field 19}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências

Caminheiro-de-espora – (Anthus correndera)

O caminheiro-de-espora Anthus correndera é uma ave da família Motacillidae. Ocorre no Brasil, Chile, Bolívia, Argentina, Uruguai.

Caminheiro-de-espora {field 12}
  • Nome popular: Caminheiro-de-espora
  • Nome inglês: Correndera Pipit
  • Nome científico: Anthus correndera
  • Família: Motacillidae
  • Habitat: Ocorre dos Andes peruanos ao Chile, Bolívia, Argentina, Uruguai e Brasil, nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas, e outros artrópodes, caçados no solo.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho de capim seco no solo, ocultando-o em meio às gramíneas altas. Põe em média 4 ovos por ninhada. Reproduz-se no Sul durante o verão.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Caminheiro-de-espora {field 25}

Características:

Mede em média 14,5 cm de comprimento. Tem cor predominante acinzentada, a barriga branca com pontos pretos no peito, as rêmiges marrons.

ACaminheiro-de-espora {field 11}

Comentários:

Frequenta campos próximos ao litoral, sobre a vegetação rasteira das dunas de praias e também nos pastos, campos e pampas.

Caminheiro-de-espora {field 20}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências