Andorinhão-do-buriti – (Tachornis squamata)

Andorinhão-do-buriti

A andorinhão-do-buriti Tachornis squamata é uma ave da família Apodidae. Conhecido também como taperá-do-buriti, tesourinha e poruti

Andorinhão-do-buriti {field 21}
  • Nome popular: Andorinhão-do-buriti
  • Nome inglês: Fork-tailed Palm-Swift
  • Nome científico: Tachornis squamata
  • Família: Apodidae
  • Habitat: Ocorre em quase todo o Brasil, exceto na região sul, escassa no Rio de Janeiro e Espírito Santo. Ocorre também na Venezuela e nas Guianas.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos voadores, é rápido em voo alto ou baixo
  • Reprodução:Constrói o ninho em forma de uma bolsa grande, com penas, saliva e material vegetal, na folha de uma palmeira como do buriti. Põe de 2 a 4 ovos, incubados por 19 dias. Vários casais podem se instalar em uma mesma palmeira. ESPÉCIE SEM DIMORFISMO SEXUAL
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Andorinhão-do-buriti {field 21}

Características:

Mede em média 11 cm de comprimento e pesa 11g, com uma cauda longa e bifurcada mantida fechada em voo. Tem sobrancelha negra com um leve brilho esverdeado, são marrom pálido com a garganta branca.

Possui duas subespécies reconhecidas:

  • Tachornis squamata squamata (Cassin, 1853) – ocorre na Ilha de Trinidad e das Guianas, na Amazônia brasileira e no Leste do Brasil;
  • Tachornis squamata semota (Riley, 1933) – ocorre do Leste da Colômbia até o Sul da Venezuela, Leste do Equador, Nordeste do Peru e Noroeste do Brasil.
Andorinhão-do-buriti {field 21}

Comentários:

Frequenta áreas pantanosas, na floresta aberta, geralmente perto de palmeiras. A espécie é fácil de ser vista tanto na área rural quanto urbana, frequentemente em grupos. Os andorinhões costumam ficar entre as folhas secas do buriti, local onde se reproduzem e criam os filhotes.

Andorinhão-do-buriti {field 21}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • CLEMENTS, J. F.; The Clements Checklist of Birds of the World. Cornell: Cornell University Press, 2005.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *