Anambé-azul – (Cotinga cayana)

Anambé-azul

O anambé-azul Cotinga cayana é uma ave da família Cotingidae. Ocorre no Brasil, Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.

Anambé-azul {field 20}
  • Nome popular: Anambé-azul
  • Nome inglês: Spangled Cotinga
  • Nome científico: Cotinga cayana
  • Família: Cotingidae
  • Sub-família: Cotinginae
  • Habitat: Ocorre em toda a Amazônia brasileira. Encontrado também nas Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de frutos nas copas de florestas úmidas, mas já foi observado capturando cupins e formigas aladas em revoadas a partir de poleiros expostos no dossel.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho achatado, semelhante a um pires, em ramos horizontais. A fêmea cuida dos filhotes sozinha.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Anambé-azul {field 11}

Características:

Mede em média 20 cm de comprimento e pesa entre 56 e 72,5 gramas. O macho é azul-turquesa brilhante, com uma larga mancha roxa na garganta; a fêmea é marrom acinzentada, inclusive na garganta e no peito. A fêmea difere de seus congêneres pelos olhos escuros e por ter as partes inferiores apenas levemente maculadas de tons escuros. Os machos voam entre as copas de árvores emergentes em ruidoso bater de asas, produzindo um som característico proveniente das primárias modificadas, comuns ao gênero Cotinga e a outros anambés.

Anambé-azul {field 23}

Comentários:

Frequenta a copa e nas bordas de florestas úmidas. Às vezes pousa solitário por longos períodos no alto de ramos expostos, no início da manhã. Porém, é visto com mais frequência voando, ou em árvores com frutos, onde muitos indivíduos podem se reunir. É a espécie de Cotinga mais amplamente distribuída na Amazônia.

Anambé-azul {field 19}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *