Saudade – (Lipaugus ater)

Saudade

A saudade Lipaugus ater é uma ave da família Cotingidae. Espécie endêmica da região sudeste do Brasil.

Saudade {field 11}
  • Nome popular: Saudade
  • Nome inglês: Black-and-gold Cotinga
  • Nome científico: Lipaugus ater
  • Família: Cotingidae
  • Sub-família: Cotinginae
  • Habitat: Endêmico das montanhas altas na fronteira de São Paulo com o Rio de Janeiro, bem como na Serra dos Órgãos (RJ) e também alguns pontos no sul de Minas Gerais (Serra da Mantiqueira).
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de frutos, como o palmito-jussara, bagas de capororoca, embaúba, pitangas, bagas de caruru entre outros. Os frutos de sementes maiores são engolidos e depois regurgitados, e os menores saem nas fezes. Eventualmente também come insetos.
  • Reprodução: Reproduz-se de setembro a dezembro. Canta bastante em poleiros expostos nos meses de reprodução.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Saudade {field 25}

Características:

Mede em média 27 cm de comprimento. O macho tem coloração negra com espelho amarelo. O bico pode ser amarelo ou alaranjado. Fêmea verde com abdômen amarelado.

Saudade {field 23}

Comentários:

Frequenta áreas montanhosas com floresta, especialmente entre 1200 a 2050 metros de altitude. Fica algum tempo na copa de uma mesma árvore, às vezes sozinha, às vezes em pequenos grupos. Pode raramente deslocar-se para altitudes um pouco mais baixas.

Saudade {field 20}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *