Anumará – (Anumara forbesi)

Anumará

O anumará Anumara forbesi é uma ave da família Icteridae. Endêmico do Brasil, ocorre nos estados de Pernambuco, Alagoas, Minas Gerais e Espírito Santo.

Anumará {field 29}
  • Nome popular: Anumará
  • Nome inglês: Forbes’s Blackbird
  • Nome científico: Anumara forbesi
  • Família: Icteridae
  • Sub-família: Agelaiinae
  • Habitat: Endêmico do Brasil, possui duas populações separadas, uma nos estados de Pernambuco e Alagoas, e outra nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de de frutos, sementes e insetos, coletados no solo, também consomem pequenas sementes das inflorescências da cana-de-açúcar. Como faz o pássaro-pretoGnorimopsar chopi, abre espigas de milho verde para se alimentar dos grãos.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo ninhos em árvores frondosas, tem forma de cesta funda e bem trançada, feito com capim seco e maleável. O período reprodutivo ocorre durante a estação chuvosa. Tem em média 2 ninhadas por temporada.
  • Estado de conservação: EM PERIGO
Anumará {field 29}

Características:

Mede em média 23 centímetros de comprimento. Tem cauda longa e asas curtas, parece bastante com o pássaro-pretoGnorimopsar chopi, tem coloração em preto fuliginoso, tem o bico longo e pontudo. Ao cantar abre muito o bico e vê-se o interior da boca em vermelho. Como a maioria dos indivíduos da família Icteridae, também apresenta dimorfismo sexual. O anumará macho o tamanho da asa é em média 9 % maior que a fêmea, e 9 % no tamanho da cauda. Tem características as penas lanceoladas com veios brilhantes na coroa, nuca, face, região malar, e nos lados do pescoço, tanto o macho quanto a fêmea.

Anumará {field 29}

Comentários:

Frequentam a borda da floresta, áreas alagadiças adjacentes e até mesmo canaviais. A espécie utiliza tanto as áreas mais secas como as alagadas, para forrageio. Os indivíduos frequentam as bordas das florestas, onde permanecem durante horas sem vocalizar. São bastante ativos nas áreas abertas e alagadas, onde ficam forrageando no solo ou em capinzais.

Anumará {field 29}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *