Polícia-do-mato – (Granatellus pelzelni)

Polícia-do-mato

O polícia-do-mato Granatellus pelzelni é uma ave da família Cardinalidae. Ocorre no Brasil, Guianas, Venezuela e Bolívia.

Polícia-do-mato {field 28}
  • Nome popular: Polícia-do-mato
  • Nome inglês: Rose-breasted Chat
  • Nome científico: Granatellus pelzelni
  • Família: Cardinalidae
  • Habitat: Ocorre na maior parte da Amazônia brasileira, tanto ao norte do Rio Amazonas, do Rio Negro para leste até o Amapá, quanto ao sul, do Rio Madeira para leste até o Maranhão, estendendo-se em direção sul até o Mato Grosso e Goiás. Encontrado também nas Guianas, Venezuela e Bolívia.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas, e outros pequenos artrópodes. Eventualmente acompanha bandos mistos de pequenos pássaros á procura alimento.
  • Reprodução: Reproduz-se..
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Polícia-do-mato {field 23}

Características:

Mede em média12 cm de comprimento e pesa entre 10 e 12,5 gramas. O macho tem a cabeça preta com uma faixa branca atrás dos olhos, garganta branca e restante das partes inferiores vermelho-rosado e a fêmea tem o alto da cabeça cinza azulado e a testa, laterais da cabeça e restante das partes inferiores marrom canela.

Possui duas subespécies reconhecidas:

  • Granatellus pelzelni pelzelni (P. L. Sclater, 1865) – ocorre da região tropical do sudeste da Venezuela até a Guiana, Suriname, noroeste do Brasil e norte da Bolívia;
  • Granatellus pelzelni paraensis (Rothschild, 1906) – ocorre na região tropical do norte do Brasil, no leste do estado do Pará e oeste do Maranhão.

(IOC World Bird List 2017; Aves Brasil CBRO 2015; Clements checklist, 2016).

Polícia-do-mato {field 11}

Comentários:

Frequenta a copa e as bordas de florestas decíduas e de capoeiras altas, e à altura média em florestas densas ao longo de rios. Permanece a maior parte do tempo em emaranhados de cipós próximos à copa, porém, às vezes, desce até os arbustos baixos às margens de rios ou nas bordas de florestas. Vive aos pares.

Polícia-do-mato {field 11}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.
  • Piacentini et al. (2015). Annotated checklist of the birds of Brazil by the Brazilian Ornithological Records Committee / Lista comentada das aves do Brasil pelo Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. Revista Brasileira de Ornitologia, 23(2): 91–298.

Referências

Deixe um comentário