Login

Contato

Por favor digite seu nome
Por favor insira seu email. Email inválido.
Por favor escreva sua mensagem
Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Marcadores

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
A seriema é uma ave da família Cariamidae. Conhecida também como sariema e seriema-de-pé-vermelho. Ave típica dos cerrados do Brasil, a seriema possui porte imponente e cauda longa. Ocorrem no Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina.
  • Nome popular: Seriema
  • Nome inglês: Red-legged Seriema
  • Nome científico: Cariama cristata
  • Família: Cariamidae
  • Habitat: Ocorre do Maranhão e sul do Pará até o oeste do Mato Grosso; presente nos estados da região sudeste e sul do Brasil; ausente em áreas amplamente florestadas da Amazônia. Encontrada também na Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se de insetos, pequenos vertebrados, cobras e ainda vermes, roedores, insetos, ovos de outras espécies e pequenos répteis
  • Reprodução: Constrói o ninho desde a pouca altura do chão até a 4 ou 5 metros do solo; a árvore tende ser tal que permita a ascensão da ave, em saltos auxiliados por curtas esvoaçadas, até o ninho. Utiliza gravetos e galhos frágeis, forrando-o com estrume de gado, barro ou folhas secas. Põe 2 ovos branco-rosados, manchados de castanho. O casal alterna-se para chocar os ovos, período que dura entre 24 e 30 dias.
    ESPÉCIE SEM DIMORFISMO SEXUAL
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Foto – Afonso de Bragança
Seriema
Foto – Afonso de Bragança
Seriema

Características:

Tem cor predominante cinza-amarelada, com finas riscas escuras: abdômen um pouco mais claro, bico e pernas vermelhos. Tem a crista formada por um tufo de penas longas, com cerca de 12 centímetros. É uma das poucas aves que possuem pestanas. Atinge uma altura média de 80 cm, podendo chegar a 90 centímetros de comprimento e pesar até 1,5 quilo.

Comentários:

Ocupa cerrados, campos sujos e pastagens, sendo beneficiada pelo desmatamento. Anda pelo chão, aos pares ou em pequenos bandos. Se perseguida, foge correndo, deixando para voar somente se muito pressionada, chegando a atingir velocidades superiores a 50 km/h antes de levantar voo. Cansada, voa pequenos trechos antes de pousar e voltar a correr. Vive aos casais, sendo mais facilmente escutada do que observada. De hábitos terrestres, empoleira-se no alto de árvores para dormir.
 
Foto – Afonso de Bragança
Seriema
Foto – Afonso de Bragança
Seriema
Referências Bibliográficas: FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda. │SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997 │ Wikipédia
Topo