Login

A Família Turdidae reúne pássaros quase cosmopolitas e com canto bastante evoluído, constituem grupo de características homogêneas e hábitos alimentares onívoros. Frequentam pomares, quintais e até parques em cidades, tornando-se populares em todo o país. O termo sabiá deriva da língua tupi e significa “aquele que reza muito” em alusão ao rico repertório vocal desses pássaros. Além de frutos e sementes, consomem insetos e retiram minhocas do solo úmido em tempo de chuvas. Durante o acasalamento, o casal defende seu território da intromissão de outros pássaros de forma muita agressiva. Constroem o ninho em forma de taça, composto por raízes e musgos, rebocado externamente por barro e preso aos galhos ocultos na folhagem. A tarefa de construção do ninho cabe à fêmea e enquanto o macho vigia o território de intrusos e predadores.

  • Catharus fuscescens (Stephens, 1817) sabiá-norte-americano
  • Catharus minimus (Lafresnaye, 1848) sabiá-de-cara-cinza
  • Catharus swainsoni (Tschudi, 1845) sabiá-de-óculos
  • Cichlopsis leucogenys Cabanis, 1851 sabiá-castanho
  • Turdus iliacus Linnaeus, 1766 sabiá-ruivo
  • Turdus leucops Taczanowski, 1877 sabiá-preto
  • Turdus flavipes Vieillot, 1818 sabiá-una
  • Turdus leucomelas Vieillot, 1818 sabiá-branco
  • Turdus fumigatus Lichtenstein, 1823 sabiá-da-mata
  • Turdus hauxwelli Lawrence, 1869 sabiá-bicolor
  • Turdus rufiventris Vieillot, 1818 sabiá-laranjeira
  • Turdus nudigenis Lafresnaye, 1848 caraxué
  • Turdus sanchezorum O'Neill, Lane & Naka, 2011 sabiá-da-várzea
  • Turdus lawrencii Coues, 1880 caraxué-de-bico-amarelo
  • Turdus amaurochalinus Cabanis, 1850 sabiá-poca
  • Turdus ignobilis Sclater, 1858 caraxué-de-bico-preto
  • Turdus olivater (Lafresnaye, 1848) sabiá-de-cabeça-preta
  • Turdus subalaris (Seebohm, 1887) sabiá-ferreiro
  • Turdus albicollis Vieillot, 1818 sabiá-coleira

Famílias

Topo