Login

A Família Trogonidae é representada no Brasil pelos surucuás, ocorre também na América Central e na África. São aves de tamanho médio, de bico forte e curto, olhos grandes e escuros, pálpebras, vivamente coloridas Alimentam-se de grandes lagartas, artrópodes e também de alguns frutos no qual cospem os caroços ingeridos. Um detalhe anatômico notável destas aves, é a estrutura dos pés que tem dois dedos para frente e dois para trás; contudo os dianteiros são os terceiros e quartos dedos, e os traseiros o primeiro e segundo formando um pé heterodáctilo

.
  • Trogon melanurus Swainson, 1838 surucuá-de-cauda-preta
  • Trogon viridis Linnaeus, 1766 surucuá-de-barriga-amarela
  • Trogon ramonianus Deville & DesMurs, 1849 surucuá-pequeno
  • Trogon surrucura Vieillot, 1817 surucuá-variado
  • Trogon violaceus Gmelin, 1788 surucuá-violáceo
  • Trogon curucui Linnaeus, 1766 surucuá-de-barriga-vermelha
  • Trogon rufus Gmelin, 1788 surucuá-dourado
  • Trogon collaris Vieillot, 1817 surucuá-de-coleira
  • Trogon personatus Gould, 1842 surucuá-mascarado
  • Pharomachrus pavoninus (Spix, 1824) quetzal-pavão

Famílias

Topo