Beija-flor-azul-de-rabo-branco – (Florisuga mellivora)

O beija-flor-azul-de-rabo-branco Florisuga mellivora é uma ave da família Trochilidae. Conhecido também como beija-flor-branco.

Beija-flor-azul-de-rabo-branco {field 11}
  • Nome popular: Beija-flor-azul-de-rabo-branco
  • Nome inglês: White-necked Jacobin
  • Nome científico: Florisuga mellivora
  • Família: Trochilidae
  • Sub-família: Florisuginae
  • Habitat: Ocorre em toda a Amazônia. Também é encontrado no Peru, Equador, Colômbia, Costa Rica, Panamá e México.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente do néctar das flores, eventualmente também come pequenos insetos voadores, fazendo voos curtos a partir de seu poleiro e capturando sua presa no ar ou pairando em frente a um enxame e pegando um por um. Caça insetos na copa das árvores ou sobre rios.
  • Reprodução: Constrói o ninho no sub-bosque a uma altura de 1 a 3 metros do solo. Tem formato de tigela sólida e rasa feita de material macio, como paina de gravatá, fiapos de xaxim, etc. e com sua parede externa atapetada com fragmentos de folhas, liquens, musgos, colados com teias de aranhas. O ninho é posto sobre o dorso de uma folha larga e grossa horizontal, que é protegido por outra folha. A fêmea põe de 1 a 3, mas geralmente 2 ovos brancos. Os filhotes deixam o ninho após 16 a 19 dias.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
ABeija-flor-azul-de-rabo-branco {field 20}

Características:

Mede em média 12 cm de comprimento, o macho pesa em torno de 7,4g e a fêmea 6,5 g. Macho tem a cabeça, pescoço e peito azul cintilante metálico com uma grande mancha nucal branca, dorso verde brilhante, barriga e retrizes brancas com as pontas pretas, bico e pés pretos. A fêmea tem as partes superiores verdes-amarronzadas-metálicas, partes inferiores com a garganta e peito escuros, escamados de branco e barriga branca pintada de verde e cauda com retrizes verdes, margeadas de preto e branco. O macho imaturo tem uma faixa cor de canela ao lado da garganta.

Possui duas subespécies reconhecidas:

  • Florisuga mellivora mellivora (Linnaeus, 1758) – ocorre da região tropical do Sul do México até o Norte da Bolívia e na Amazônia brasileira; ocorre também na ilha de Trinidad no Caribe;
  • Florisuga mellivora flabellifera (Gould, 1846) – ocorre na Ilha de Tobago no Caribe. Esta subespécie é maior que a subespécie mellivora.
Beija-flor-azul-de-rabo-branco {field 19}

Comentários:

Frequenta florestas úmidas, matas secundárias e matas de transição, frequentemente nas copas e no subdossel, bordas de florestas, clareiras, embora possa ser encontrado em áreas de cultura como plantações de cacau e café, sendo mais comum do nível do mar até uma altitude de 900 metros. Encontrado geralmente solitário, embora ocasionalmente se reúnam em pequenos grupos em torno de árvores floridas.

Beija-flor-azul-de-rabo-branco {field 23}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • CLEMENTS, J. F.; The Clements Checklist of Birds of the World. Cornell: Cornell University Press, 2005.
  • Stiles, F.G., G. M. Kirwan, and P. F. D. Boesman (2020). White-necked Jacobin (Florisuga mellivora), version 1.0. In Birds of the World (J. del Hoyo, A. Elliott, J. Sargatal, D. A. Christie, and E. de Juana, Editors). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA..

Referências