Cuiú-cuiú – (Pionopsitta pileata)

O cuiú-cuiú Pionopsitta pileata é uma ave da famíliaPsittacidae. Ocorre no Brasil da Bahia ao Rio Grande dos Sul, e também na Argentina e Paraguai.

Cuiú-cuiú {field 11}
  • Nome popular: Cuiú-cuiú
  • Nome inglês: Pileated Parrot
  • Nome científico: Pionopsitta pileata
  • Família: Psittacidae
  • Sub-família: Arinae
  • Habitat: Ocorre na mata atlântica do Brasil (do sul da Bahia ao Rio Grande dos sul), Argentina (Misiones) e Paraguai.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de frutas silvestres, como a candeia, um dos alimentos prediletos desta espécie. Outros alimentos apreciados são a goiaba e o caqui.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo o ninho no oco de árvores, onde a fêmea põe de 3 a 4 ovos e os choca por 24 dias, enquanto o macho cuida de sua alimentação durante todo o período de incubação.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Cuiú-cuiú {field 23}

Características:

Mede em média 22 cm de comprimento. Macho e fêmea tem plumagem verde uniforme, mas somente os machos têm a testa, o loro e a coroa vermelha. A fêmea apresenta a fronte com faixa levemente azulada. Ambos possuem a borda superior das asas em azul escuro.

Cuiú-cuiú {field 20}

Comentários:

Frequenta florestas subtropicais ou tropicais úmidas de baixa altitude e regiões subtropicais ou tropicais húmidas de alta altitude. No inverno é comum, em algumas propriedades rurais, em pomares buscando alimento, o que os leva a serem caçados para o comércio ilegal de animais de estimação. Típico de matas montanhosas entre 200 e 1.250 metros de altitude, costuma ser avistado aos casais ou em grupos de seis a dez indivíduos. Espécie monogâmica.

Cuiú-cuiú {field 21}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências