Chocão-carijó – (Hypoedaleus guttatus)

O chocão-carijó Hypoedaleus guttatus é uma ave da família Thamnophilidae. Pode ser encontrada na Argentina, Brasil e Paraguai.

Chocão-carijó {field 25}
  • Nome popular: Chocão-carijó
  • Nome inglês: Spot-backed Antshrike
  • Nome científico: Hypoedaleus guttatus
  • Família: Thamnophilidae
  • Sub-família: Thamnophilinae
  • Habitat: Ocorre no Brasil Oriental, do estado de Alagoas até ao Rio Grande do Sul.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas e artrópodes. Geralmente forrageia em casais a uma altura de 6 a 15 metros no estrato superior, utilizando poleiros verticais e preferindo vasculhar as árvores.
  • Reprodução: Reproduz-se
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Chocão-carijó {field 25}

Características:

Mede em média 20 cm de comprimento, tem a cabeça, as costas e as asas com um padrão de pintas e barras brancas em fundo preto. A cauda possui um fino barrado que é mais intenso na parte superior mas também bastante definido mas é mais claro na parte inferior. Seu peito é claro, com manchas em tons cinza claro. O ventre e os flancos e o crisso possuem coloração castanho alaranjado que fica mais forte na direção do ventre para o crisso. O bico forte e robusto e as pernas são de coloração cinza azulado. Os olhos são envolvidos por um estreito anel periocular de coloração amarelada.

Chocão-carijó {field 25}

Comentários:

Frequenta a Mata Atlântica, matas mesófilas e matas semidecíduas, e pode aparecer em bordas de mata, até 1000 metros de altitude. Pode ser observada sozinha ou em casal, costuma ficar oculta na folhagem, sendo vista sobretudo ao cantar. Costuma ficar pousada no estrato médio ou logo abaixo do dossel da floresta.

Chocão-carijó {field 16}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências