Saí-verde – (Chlorophanes spiza)

O saí-verde é uma ave da família Thraupidae. É o maior dos “saís”. Também conhecida como saí-tucano e tem-tem.

Saí-verde Foto – Claudio Lopes
  • Nome popular: Saí-verde
  • Nome inglês: Green Honeycreeper
  • Nome científico: Chlorophanes spiza
  • Família: Thraupidae
  • Subfamília: Hemithraupinae
  • Habitat: Ocorre em toda a Amazônia e de Pernambuco a Santa Catarina. Encontrado também do México ao Panamá e em todos os demais países amazônicos – Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de frutos, insetos e do néctar de flores.
  • Reprodução: Faz ninho em formato de uma tigela rasa bem fixada com teias de aranha a uma forquilha, entre 3 e 12 m de altura. Cada ninhada geralmente tem entre 2 e 3 ovos brancos com pontos marrons, tendo de 2 a 3 ninhadas por estação. Os filhotes nascem após 13 dias.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante.
Saí-verde Foto – Claudio Lopes

Características:

Mede em média 14 cm de comprimento. O macho é verde-azulado com o alto e os lados da cabeça pretos e os olhos vermelhos e a fêmea é verde-opaca, com a garganta e o centro da barriga amarelados e os olhos escuros. Tem bico relativamente largo, de mandíbula amarelo-clara.

Possui sete subespécies, sendo que três ocorrem no Brasil:

  • Chlorophanes spiza spiza (Linnaeus, 1758) – ocorre do Leste da Colômbia até o Venezuela, as Guianas e o Norte do Brasil; ocorre também na Ilha de Trinidad no Caribe;
  • Chlorophanes spiza guatemalensis (P. L. Sclater, 1861) – ocorre do Sul do México, no estado de Oaxaca até a Guatemala, Belize e Honduras;
  • Chlorophanes spiza argutus (Bangs & Barbour, 1922) – ocorre do extremo Leste de Honduras até o Noroeste da Colômbia;
  • Chlorophanes spiza exsul (Berlepsch & Taczanowski, 1884) – ocorre da região tropical no Sudoeste da Colômbia até o Oeste do Equador e extremo Noroeste do Peru;
  • Chlorophanes spiza subtropicalis (Todd, 1924) – ocorre na Cordilheira dos Andes da Colômbia e Oeste da Venezuela;
  • Chlorophanes spiza caerulescens (Cassin, 1864) – ocorre do Sudeste da Colômbia até o Leste do Equador, Leste do Peru, Oeste da Bolívia e na Amazônia brasileira;
  • Chlorophanes spiza axillaris (Zimmer, 1929) – ocorre no Leste do Brasil, na região costeira que vai do estado de Pernambuco até o estado de Santa Catarina.
Saí-verde Foto – Claudio Lopes

Comentários:

Podemos observá-los na copa e nas bordas de florestas úmidas de terra firme e de várzea, e em capoeiras arbóreas, visitando clareiras apenas eventualmente. Vive solitário, aos pares ou, raramente, em pequenos grupos, geralmente no alto das árvores. Participa de bandos mistos com frequência. Espécie geralmente calada.

Saí-verde Foto – Claudio Lopes

Referências & Bibliografia:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • Wikiaves – disponível em: https://www.wikiaves.com.br/wiki/sai-verde Acesso em 08 Setembro de 2010.
  • Wikipédia – disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Chlorophanes_spiza Acesso em 14 de Outubro de 2010