Gavião-caranguejeiro – (Buteogallus aequinoctialis)

O gavião-caranguejeiro Buteogallus aequinoctialis é uma ave da família Accipitridae. Ocorre na costa atlântica do Brasil do Amapá ao Paraná. Encontrado também na Venezuela.

Gavião-caranguejeiro {field 32}
  • Nome popular: Gavião-caranguejeiro
  • Nome inglês: Rufous Crab Hawk
  • Nome científico: Buteogallus aequinoctialis
  • Família: Accipitridae
  • Sub-família: Accipitrininae
  • Habitat: Ocorre na costa atlântica da América do Sul, da foz do Orinoco à costa do Paraná.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de caranguejos que captura após mergulho a partir de um poleiro.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo o ninho com gravetos e folhas em árvores às margens de rios. Durante a fase pré-nupcial, ou seja, antes do acasalamento, o casal faz acrobacias aéreas, com perseguições, voos circulares e mergulhos. Neste período também emite assovios altos e melodiosos e cantos que mais parecem risadas, tudo para atrair a atenção do sexo oposto. Põe em geral apenas um ovo pr ninhada.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Gavião-caranguejeiro {field 32}

Características:

Mede em média entre 42 e 46 cm de comprimento e pesa entre 590 e 790 gramas. Apresenta o cere, as pernas e pés de coloração amarelo alaranjado. Os olhos são marrons. A cabeça e a garganta são cinzentas, o dorso e as asas são marrom escuro com as bordas castanhas, com as penas internas (primárias e secundárias) bastante acastanhadas e finamente barradas de preto. A cauda é curta, escura e barrada com uma única barra na porção mediana de coloração esbranquiçada e apresenta uma estreita faixa branca amarelada na sua extremidade. O imaturo da espécie possui a coloração da plumagem principalmente marrom. Na cabeça encontra-se uma estreita e esbranquiçada sobrancelha e uma faixa transocular escura. A face apresenta tons marrons acastanhados misturados com uma coloração bege. Quando em voo e visto de cima, as asas apresentam grande mancha marrom acastanhada pálida na base das penas primárias. A garganta, o peito e ventre são bege com estrias e manchas escuras (manchas esparsas em fases mais jovens). A cauda é marrom esbranquiçada, sendo as penas centrais estreitas com inúmeras barras escuras. O cere e os lores são escuros. As pernas e pés apresentam coloração amarelo pálido.

Gavião-caranguejeiro {field 32}

Comentários:

Frequentam a região costeira, manguezais, pântanos, bordas de rios, sempre proximo ao litoral. Usualmente visto em pares. Pode ser observado sobrevoando manguezais.

Gavião-caranguejeiro {field 27}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências