Andorinha-de-bando – (Hirundo rustica)

A andorinha-de-bando Hirundo rustica é uma ave da família Hirundinidae. Ocorre na Europa, África, Ásia, Américas e norte da Austrália.

Andorinha-de-bando {field 11}
  • Nome popular: Andorinha-de-bando
  • Nome inglês: Barn Swallow
  • Nome científico: Hirundo rustica
  • Família: Hirundinidae
  • Habitat: Pode ser encontrada na Europa, África, Ásia, Américas e norte da Austrália. Ocorre periodicamente em todo o Brasil. Suas migrações estendem-se na América do Sul até a Terra do Fogo, na Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se exclusivamente de insetos, que captura em pleno voo, uma vez que migra para climas com abundância de insetos voadores.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo ninhos fechados em forma de taça com lama e palha em celeiros, estábulos ou outros locais semelhantes, às vezes em colônias.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Andorinha-de-bando {field 25}

Características:

Mede em média 15 cm de comprimento. Tem a parte superior da cabeça e do corpo azuladas, uma cauda comprida profundamente bifurcada e asas curvadas e pontiagudas.

Possui oito subespécies reconhecidas:

  • Hirundo rustica erythrogaster (Boddaert, 1783) – ocorre do Alasca e Canadá até o Sul do México; no inverno pode ser encontrada na América do Sul até a Argentina;
  • Hirundo rustica gutturalis (Scopoli, 1786) – ocorre da cordilheira do Himalaia, até a Península de Kamchatka, através da China, Coréia e Japão; no inverno pode ser encontrada até o Norte da Austrália;
  • Hirundo rustica rustica (Linnaeus, 1758) – ocorre da Europa até o Oeste da Ásia, desde a Irlanda e Escandinávia até a Russia, Oeste da Mongólia e Oeste da China; ocorre no Mediterrâneo até o Iraque e no Norte da África;
  • Hirundo rustica saturata (Ridgway, 1883) – ocorre no Leste da Rússia, na Península de Kamchatka, no inverno atinge o Sudeste Asiático;
  • Hirundo rustica savignii (Stephens, 1817) – ocorre no Egito, no vale do Rio Nilo;
  • Hirundo rustica transitiva (Hartert, 1910) – ocorre no Líbano e na Síria, no Vale do Rio Jordão;
  • Hirundo rustica tytleri (Jerdon, 1864) – ocorre da região Central da Sibéria até o Norte da Mongólia; no inverno atinge o Leste da Índia e o Sudeste Asiático;
  • Hirundo rustica mandschurica (Meise, 1934) – ocorre no Nordeste da China e no inverno atinge o Sudeste Asiático.

(Clements checklist, 2014).

Andorinha-de-bando {field 25}

Comentários:

Frequentam regiões campestres, varjões e fazendas, apresentando preferência por plantações de cana-de-açúcar. Em meio aos seus grandes agrupamentos é relativamente comum a presença de outras espécies de andorinhas como andorinha-do-campo, andorinha-de-dorso-acanelado, andorinha-de-sobre-branco e andorinha-do-barranco. São aves filopátricas, ou seja, tendem a voltar sempre aos mesmos locais para se reproduzir durante toda a vida. É a espécie de andorinha mais amplamente distribuída no mundo.

Andorinha-de-bando {field 25}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências