Barranqueiro-de-olho-branco – (Automolus leucophthalmus)

Barranqueiro-de-olho-branco
O barranqueiro-de-olho-branco Automolus leucophthalmus é uma ave da família Furnariidae. Ocorre nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil até o Rio Grande do Sul, sul de Goiás e leste de Mato Grosso, além do Paraguai e Argentina.
Barranqueiro-de-olho-branco {field 16}
  • Nome popular: Barranqueiro-de-olho-branco
  • Nome inglês: White-eyed Foliage-gleaner
  • Nome científico: Automolus leucophthalmus
  • Família: Furnariidae
  • Habitat: Ocorre nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil até o Rio Grande do Sul, sul de Goiás e leste de Mato Grosso, além do Paraguai e Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, formigas de correição elarvas.
  • Reprodução: Nidifica em túneis e barrancos.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Barranqueiro-de-olho-branco {field 16}
Características:

Mede entre 19 e 20 centímetros de comprimento e pesa entre 25 e 35 gramas. Apresenta olhos e garganta brancos e plumagem geral é de coloração ferrugínea, sendo a região do uropígio e a cauda de coloração canela fortemente acastanhada.

Possui duas subespécies reconhecidas:
    • Automolus leucophthalmus leucophthalmus (Wied, 1821) – ocorre no leste do Brasil, no estado da Bahia;
    • Automolus leucophthalmus sulphurascens (M. H. K. Lichtenstein, 1823) – ocorre na região central e sudeste do Brasil, nos estados de Mato Grosso, Goiás e sul da Bahia até o sul do estado do Rio Grande do Sul, no leste do Paraguai e no nordeste da Argentina na província de Misiones. Esta subespécie é maior e mais pálida que a subespécie nominal.

Aves Brasil CBRO – 2015 (Piacentini et al. 2015); (Clements checklist, 2014).

Barranqueiro-de-olho-branco {field 16}
Comentários:

Frequenta matas secundárias e capoeiras. Acompanha regularmente bandos mistos e correições de formigas pelo estrato médio e baixo, eventualmente como “espécie nuclear”. Típico de florestas do Brasil Oriental.

Barranqueiro-de-olho-branco {field 16}
Referências & Bibliografia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *