Login

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
O guaxe é um da família Icteridae. Conhecido também como japiim-de-costas-vermelhas, japiim-do-mato, japim-guaxe, japira.
  • Nome popular: Guaxe
  • Nome inglês: Red-rumped Cacique
  • Nome científico: Cacicus haemorrhous
  • Família: Icteridae
  • Habitat: Ocorre no Brasil em duas regiões separadas: - Em toda a Amazônia - De Pernambuco ao Rio Grande do Sul, estendendo-se para o interior até Goiás e Mato Grosso do Sul. Encontrado também nos demais países amazônicos e no Paraguai e Argentina.
  • Alimentação: Onivoro, alimenta-se principalmente de frutos e insetos
  • Reprodução: Somente a fêmea constrói o ninho em forma de bolsa com 40 a 70 centímetros de comprimento, em colônias, com material de vários vegetais e localização variada, podendo ser à pouca altura sobre a água, no alto de árvores no meio da floresta ou em palmeiras nas bordas da floresta. Põe 2 a 3 ovos brancos com pontos e manchas avermelhados e roxos, tendo de 2 a 3 ninhadas por período de reprodução.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Foto – Afonso de Bragança
Guaxe
Foto – Afonso de Bragança
Guaxe

Características:

Mede entre 21,5 e 29,5 centímetros de comprimento e tem entre 62 e 96 gramas de peso. O macho mede de 27 a 29,5 centímetros de comprimento e a fêmea 21,5 a 24 centímetros. A plumagem do Guaxe é quase totalmente negra. A íris é azul. O bico é longo, reto e amarelo. A parte posterior das costas e uropígio, é de cor vermelha. Esta parte é especialmente visível em voo. As pernas são pretas. Não há nenhuma diferença visível entre a plumagem do indivíduo do sexo masculino e o indivíduo do sexo feminino. Os machos são ligeiramente maiores que as fêmeas. A plumagem juvenil é fuligem, apresentando a íris na cor marrom.
Possui três subespécies reconhecidas:
  • Cacicus haemorrhous haemorrhous (Linnaeus, 1766) - ocorre do leste da Colômbia até o leste do Equador e do sudeste da Venezuela até o leste da Guiana Francesa e norte do Brasil no estado de Roraima;
  • Cacicus haemorrhous affinis (Swainson, 1834) - ocorre no nordeste e leste do Brasil, do estado de Pernambuco até o estado de Santa Catarina, no nordeste da Argentina e no leste do Paraguai;
  • Cacicus haemorrhous pachyrhynchus (Berlepsch, 1889) - ocorre da bacia do Rio Amazonas no Brasil nos estados do Amazonas e Pará até Rondônia e no noroeste do estado de Mato Grosso, no leste do Peru e no norte da Bolívia.

Comentários:

É comum na copa e bordas de florestas úmidas (na Amazônia principalmente na terra firme), florestas secas e de galeria e capoeiras altas. Vive em grupos, sendo visto regularmente nas bordas de diversos habitats florestais. Preferem baixadas quentes com florestas.
Foto – Afonso de Bragança
Guaxe
Foto – Afonso de Bragança
Guaxe
Referências Bibliográficas: FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda. │SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997 │ Wikiaves
Topo