O Topetinho-vermelho Lophornis magnificus é uma ave da família Trochilidae. Conhecido também pelo nome de beija-flor-magnífico. Espécie endêmica do Brasil.
Topetinho-vermelho Foto: Afonso de Bragança
  • Nome popular:
  • Nome popular: Topetinho-vermelho
  • Nome inglês: Frilled Coquette
  • Nome científico: Lophornis magnificus
  • Família: Trochilidae
  • Habitat: Ocorre de Alagoas e Bahia ao Rio Grande do Sul, em direção oeste até Goiás e Mato Grosso.
    Endêmico do Brasil
  • Alimentação: Alimenta-se principalmente de carboidratos, que é conseguida através do néctar das flores.
  • Reprodução: O ninho é colocado abertamente sobre um ramo horizontal ou uma forquilha de árvores. Tem o formato de uma tigela sólida e rasa feita de material macio, como paina de gravatá, fiapos de xaxim, etc. e com sua parede externa não atapetada com líquens, como na maioria dos beija-flores Na época do acasalamento, o macho corteja a fêmea eriçando o topete vermelho e expandindo os tufos laterais do pescoço movimentando-os enquanto executa um lento voo ou paira diante da fêmea, que permanece pousada, girando o corpo na lateral simultaneamente; em seguida sobe em voo acrobático para voltar em pique como se fosse atingir a companheira, frenando apenas perto dela, produzindo um forte sussurro “rrrep”, após o qual sobe de novo.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Topetinho-vermelho Foto: Afonso de Bragança
Características:

Mede cerca de 7 cm, e pesa em média 3 g. É a menor espécie brasileira. Tem dimorfismo sexual acentuado. Macho com apresenta um topete vermelho e um bonito leque de penas de cada lado do pescoço de cor branca que terminam em uma faixa verde que passa ao negro na ponta. Face negra, garganta e pescoço anterior verdes, partes inferiores cinza-esverdeado. Partes superiores esverdeadas com uropigiana branca, cauda com a face anterior canela com as pontas negras; bico vermelho com a ponta preta. A fêmea e o imatura não tem o topete vermelho e nem o leque no pescoço, tem a garganta branca sarapintada de canela e o bico menos intensamente vermelho e barriga branca.

Topetinho-vermelho Foto: Edgard Thomas
Comentários:

TEXTO

Topetinho-vermelho Foto: Edgard Thomas
Referências bibliográficas:
  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • Wikiaves - disponível em: http://www.wikiaves.com.br/topetinho-vermelho Acesso em 08 Setembro de 2011.
  • Wikipédia disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Topetinho-vermelho Acesso em Setembro de 2011