Alegrinho-balança-rabo – (Stigmatura budytoides)

O alegrinho-balança-rabo Stigmatura budytoidesé uma ave da família Tyrannidae. Ocorre no Brasil, no Paraguai e na Bolívia.

Alegrinho-balança-rabo {field 28}
  • Nome popular: Alegrinho-balança-rabo
  • Nome inglês: Greater Wagtail-Tyrant
  • Nome científico: Stigmatura budytoides
  • Família: Tyrannidae
  • Sub-família: Elaeniinae
  • Habitat: Ocorre no Brasil, na região Nordeste. Encontrado também no Paraguai e na Bolívia.
  • Alimentação: Alimenta-se principalmente de insetos, que procura ativamente por entre a folhagem a média altura. Frequentemente, quando em perseguição a uma presa, vem até o solo. Quando forrageia mantem a cauda levantada quase que na vertical.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho em forma de cestinho bem simples feito com fibras vegetais, colocado em forquilhas de árvores ou arbustos. O período de reprodução vai de novembro a maio, cada ninhada geralmente tem de 02 a 03 ovos.
  • Estado de conservação:

    Pouco preocupante

Alegrinho-balança-rabo {field 28}

Características:

Mede em média 13 centímetros. Pode ser sintópico ao norte de sua distribuição, no interior da Bahia do papa-moscas-do-sertãoStigmatura napensis, do qual difere pelas partes superiores oliváceas e não pardacentas como de seu congênere.

Possui quatro subespécies reconhecidas:

  • Stigmatura budytoides flavocinerea (Burmeister, 1861) – ocorre na região central da Argentina.
  • Stigmatura budytoides gracilis (Zimmer, 1955 ) – ocorre no nordeste do Brasil do estado do Piauí, Ceará e Pernambuco até o norte do estado da Bahia e recentemente registrado no estado de Minas Gerais.
  • Stigmatura budytoides inzonata (Wetmore & J. L. Peters, 1923) – ocorre do sudeste da Bolívia até o oeste do Paraguai e norte da Argentina.
  • Stigmatura budytoides budytoides (Orbigny & Lafresnaye, 1837) – ocorre no sul da Bolívia, da região de Cochabamba até Tarija.

(IOC World Bird List 2017; Aves Brasil CBRO 2015).

Alegrinho-balança-rabo {field 32}

Comentários:

Frequentam os campos sujos, campos cerrados, cerrados e matas de galeria secas. Vivem em casais ou pequenos grupos formados de 03 a 06 indivíduos.

Alegrinho-balança-rabo {field 32}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências