Piuí-de-topete – (Contopus fumigatus)

O piuí-de-topete Contopus fumigatus é uma ave da família Tyrannidae. Ocorre no Brasil, apenas no estado do Roraima. Encontrado também, no Peru, Bolívia, Colômbia, Venezuela e Guianas.

Piuí-de-topete {field 42}
  • Nome popular: Piuí-de-topete
  • Nome inglês: Smoke-colored Pewee
  • Nome científico: Contopus fumigatus
  • Família: Tyrannidae
  • Sub-família: Fluvicolinae
  • Habitat: Ocorre na fronteira com Venezuela, entre 900 e 2500 metros de altitude, no cerro Uritani em Roraima.
  • Alimentação: Alimentam-se principalmente de insetos e outros pequenos artrópodes, geralmente caçados em voo.
  • Reprodução: Reproduz-se…
  • Estado de conservação:

    Pouco preocupante

Piuí-de-topete {field 42}

Características:

Mede 16 centímetros.

Possui seis subespécies:

  • Contopus fumigatus fumigatus (Orbigny & Lafresnaye, 1837) – ocorre no sudeste do Peru e no oeste da Bolívia;
  • Contopus fumigatus ardosiacus (Lafresnaye, 1844) – ocorre da Colômbia até o nordeste da Venezuela, leste do Equador e nordeste do Peru;
  • Contopus fumigatus cineraceus (Lafresnaye, 1848) – ocorre n região subtropical do norte da Venezuela;
  • Contopus fumigatus duidae (Chapman, 1929) – ocorre nos tepuis do sul da Venezuela e na região adjacente da Guiana e no extremo norte do Brasil;
  • Contopus fumigatus zarumae (Chapman, 1924) – ocorre do sudeste do Equador até o norte do Peru;
  • Contopus fumigatus brachyrhynchus (Cabanis, 1883) – ocorre no sudeste da Bolívia até o noroeste da Argentina.

(Clements checklist, 2014).

Piuí-de-topete {field 27}

Comentários:

Frequentam florestas montanas. Esta espécie é considerada bastante comum e visível em seus habitats naturais: as bordas das selvas montanas andinas e dos tepuis e as clareiras adjacentes, principalmente entre os 800 e 2600 m de altitude. Possui hábitos semelhantes aos seus congêneres.

Piuí-de-topete {field 27}

Áreas de ocorrência no Brasil.

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências