Pinto-do-mato – (Cryptopezus nattereri)

O pinto-do-mato Cryptopezus nattereri é uma ave da família Grallariidae. Conhecida também como torom-malhado, toróm-do-mato e tovaca-cantora.

Pinto-do-mato {field 11}
  • Nome popular: Pinto-do-mato
  • Nome inglês: Speckle-breasted Antpitta
  • Nome científico: Cryptopezus nattereri
  • Família: Grallariidae
  • Habitat: Ocorre nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Encontrado também em uma pequena área do Paraguai.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, larvas, e outros artrópodes, caçados geralmente no solo.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho diretamente no solo, bem escondido entra a folhagem, tem formato de tigela aberta, e é feito com gravetos e fibras vegetais, Põe em média 2 ou 3 ovos por ninhada. O período reprodutivo vai de Outubro a Dezembro
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Pinto-do-mato {field 11}

Características:

Mede em média 12cm de comprimento, é a menor espécie da família. Tem as pernas bem longas, corre ou voa curtas distâncias rente ao solo. Territorialista, defende seu território de aproximadamente 100m de extensão linear, atendendo rapidamente ao playback do seu canto gravado.

Pinto-do-mato {field 11}

Comentários:

Frequenta florestas de montanha entre 1000 e 1900m de altitude ou acima de 300m onde vive à pouca altura (em relação ao solo). Prefere matas primárias com sub-bosque aberto, frequentemente em áreas úmidas ao longo de riachos encachoeirados. Canta empoleirado, raramente no solo.

Pinto-do-mato {field 20}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências