Picapauzinho-barrado – (Picumnus cirratus)

O picapauzinho-barrado é uma ave da família:Picidae. Também conhecido por picapauzinho e picapauzinho-barrado.Ocorre na Amazônia brasileira, na região do baixo rio Amazonas até o Maranhão, e ainda no leste e sul do País até o Rio Grande do Sul. Encontrado também das Guianas à Bolívia, Paraguai e Argentina.
Picapauzinho-barrado {field 5}
  • Nome popular: Picapauzinho-barrado
  • Nome inglês: White-barred Piculet
  • Nome científico: Picumnus cirratus
  • Família: Picidae
  • Habitat: Ocorre na Amazônia brasileira, na região do baixo rio Amazonas até o Maranhão, e ainda no leste e sul do País até o Rio Grande do Sul. Encontrado também das Guianas à Bolívia, Paraguai e Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se de larvas e adultos de pequenos insetos. Regularmente não apoia a cauda no substrato enquanto captura o alimento, como o fazem os outros pica-paus, pois suas retrizes são flexíveis. Captura formigas nos galhos e folhas do chapéu-do-sol (Terminalia catalpa). Abre buracos nas folhas caídas de embaúba que ficam presas na ramagem, para retirar pequenas formigas as quais procura também nos caules da samambaia-das-taperas.
  • Reprodução: Fazem o ninho em ramos secos e finos, até 5 metros do solo, onde são postos 2 a 4 ovos brancos, puros e brilhantes. A entrada da cavidade escavada é diminuta, com cerca de 3 centímetros de diâmetro, limitando assim a visita de predadores; tal cavidade tem 10 a 20 centímetros de profundidade e seu diâmetro maior cerca de 6 centímetros.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Picapauzinho-barrado {field 5}
Características:

Este é o anão dos pica-paus, mede aproximadamente 10 centímetros e pesa em média 11,5 gramas. As penas da nuca formam freqüentemente uma pequena crista. Partes superiores uniformemente pardas, partes inferiores densamente barradas. O desenho preto e branco da cauda, do vértice e da nuca é, geralmente, igual nos diversos representantes. Macho de vértice e testa encarnados. Os indivíduos imaturos possuem cabeça parda uniforme.

Possui seis subespécies:
  • Picumnus cirratus cirratus (Temminck, 1825) – ocorre no sudeste do Brasil dos estados de Minas Gerais até o Paraná e até o leste do Paraguai;
  • Picumnus cirratus macconnelli (Sharpe, 1901) – ocorre no norte do Brasil, a leste da Bacia do rio Amazonas e a oeste na Bacia do baixo Rio Tapajós;
  • Picumnus cirratus tucumanus (Hartert, 1909) – ocorre no norte da Argentina, do oeste da região de Salta até La Rioja;
  • Picumnus cirratus thamnophiloides (Bond & Meyer de Schauensee, 1942) – ocorre da Bolívia na região de Chuquisaca até o noroeste da Argentina na região de Salta;
  • Picumnus cirratus confusus (Kinnear, 1927) – ocorre no sudoeste da Guiana, no extremo norte do Brasil e na Guiana Francesa;
  • Picumnus cirratus pilcomayensis (Hargitt, 1891) – ocorre no sudeste da Bolívia e do Paraguai até o norte da Argentina.
Picapauzinho-barrado {field 5}
Comentários:

Pode ser visto no interior e bordas de florestas altas e capoeiras, à altura do sub-bosque. Vive geralmente solitário, acompanhando bandos mistos de aves com freqüência. Pousa em galhos finos, muitas vezes ficando sob os ramos. Frequentemente seguro por baixo da galharia, bate violentamente agarrando-se com os pés excepcionalmente possantes.

Picapauzinho-barrado {field 5}
Referências & Bibliografia:
  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • Wikiaves – disponível em: https://www.wikiaves.com.br/wiki/picapauzinho-barrado Acesso em 08 Setembro de 2009.