Taperuçu-velho – (Cypseloides senex)

O taperuçu-velho Cypseloides senex também conhecido como andorinhão-velho e andorinhão-de-cascata, é uma ave da família Apodidae. Ocorre no Brasil, Paraguai e Argentina.

Taperuçu-velho {field 21}
  • Nome popular: Taperuçu-velho
  • Nome inglês: Great Dusky Swift
  • Nome científico: Cypseloides senex
  • Família: Apodidae
  • Habitat: Ocorre em Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Goiás, Bahia, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Encontrado também no Paraguai e Argentina.
  • Alimentação: Alimentam-se basicamente de insetos capturados em voo.
  • Reprodução: Reproduzem-se construindo o ninho com liquens em paredões rochosos, geralmente em paredões próximos da água. Põe em média 1 ou 2 ovos por ninhada.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Taperuçu-velho {field 32}

Características:

Mede em média 18 cm de comprimento e pesa entre 56 a 110 gramas. Tem coloração geral marrom acinzentada e penas orladas de branco na cabeça até próximo ao manto, sem dimorfismo sexual evidente. São aves de pequeno porte.

Taperuçu-velho {field 28}

Comentários:

Frequentam regiões próximas de quedas de agua, sobre as quais voam, geralmente centenas de indivíduos. Durante o dia caçam voando alto sobre as matas.

Taperuçu-velho {field 25}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências