Login

Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Marcadores

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O chibum Elaenia chiriquensis é uma ave da família Tyrannidae. Ocorre desde a Costa Rica até Missiones na Argentina, em quase toda a América do Sul.

Chibum
  • Nome popular: Chibum
  • Nome inglês: Lesser Elaenia
  • Nome científico: Elaenia chiriquensis
  • Família: Tyrannidae
  • Habitat: Ocorre desde a Costa Rica até Missiones na Argentina e somente não é encontrada na Caatinga, porção centro-oeste do sul da Amazônia, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Chile e Uruguai. Possui deslocamentos e migrações ainda pouco compreendidas. Sabe-se que há flutuações no sul do Brasil e Argentina ao longo do ano, podendo a planície pantaneira receber aves dessas áreas ou servir de passagem em movimentos norte/sul.
  • Alimentação: Alimenta-se de insetos capturados em vôo e de pequenos frutos, sendo esses últimos muito significativos na dieta. Quando os arbustos do gênero miconiaestão com seus pequenos frutos roxos no cerrado, passam o dia ao redor dessa fonte alimentar.
  • Reprodução: Constrói os ninho o formato de taça ou tigela rasa apoiado pelo fundo em bifurcação de galhos e sua coloração é amarronzada em decorrência do material utilizado. O corpo do ninho propriamente dito é composto por uma intrincada rede de fibras vegetais frouxas dispostas em forma circular. Os ovos de cor creme claro podendo variar entre branco gelo a branco rosado contendo pequenas manchas de diferentes tamanhos variando da cor ferrugem a marrom escuro. Reproduz-se de Setembro a Janeiro. O tempo médio de permanência dos filhotes no ninho é de 15 dias (Marini e Medeiros, 2007).
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Chibum
Características:

Mede em média 14 cm de comprimento e pesa entre 11,5 e 22,1 gramas. A plumagem mistura cinza ao tom oliváceo, tendo a barriga cinza. Duas barras cinzas nas asas. Ao redor do olho, grande e escuro, uma área clara forma uma espécie de óculos, chamativo. Bico pequeno, com a base clara, visível sob condições excepcionais de luz. O topete é mantido baixo, sem destacar, embora os adultos tenham uma área clara no alto da cabeça, ocasionalmente visível com as penas levantadas. As penas da cabeça possuem uma característica borda mais escura, embora dependa de situações excelentes de luz para visualização. Os indivíduos adultos de E. chiriquensisapresentam crista pequena com variável quantidade de branco não aparente, garganta parda tingindo-se em cor verde-oliváceo no peito e amarelo embranquecido no ventre, com bordas das asas amarelo claro e regiões dorsais cor verde-oliváceo. Possui duas barras opacas na porção terminal das asas e metatarso escuro (Marini e Medeiros, 2007). Canto grave, baixo, emitido mais no início da manhã. Quando estão movimentando-se, é possível encontrar grupos cantando, com as aves separadas por poucos metros.

Possui duas subespécies reconhecidas:
  • Elaenia chiriquensis chiriquensis (Lawrence, 1865) – ocorre na região tropical do sudeste da Costa Rica e no oeste do Panamá até a zona do Canal do Panamá. Também ocorre na ilha de Coiba e nas ilhas Perolas na costa oeste do Panamá.
  • Elaenia chiriquensis albivertex (Pelzeln, 1868) – ocorre na Colômbia, Venezuela, Trinidad, nas Guianas, no Brasil; (aparentemente ausente na bacia do alto rio Amazonas), leste do Peru, norte e leste da Bolívia, no Paraguai e no noroeste, norte e nordeste da Argentina.
Chibum
Comentários:

Frequentam cerrados e campos com arbustos, o comportamento discreto torna-a rara nas observações.

Chibum
Referências bibliográficas:

FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda.

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.

Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.

Wikiaves - disponível em http://www.wikiaves.com.br/chibum Acesso em 11 mai.2014.

Topo