A tesourinha do norte Tyrannus monachus é uma ave da família Tyrannidae. Ocorre no Brasil, nos estados de Roraima, Amazonas, Pará e Amapá. Encontrado também do sul do México até a Colômbia, e também Venezuela e Guianas.

Tesourinha-do-norte Foto: Nina Wenoli
  • Nome popular: Tesourinha-do-norte
  • Nome inglês: Northern Fork-tailed Flycatcher
  • Nome científico: Tyrannus monachus
  • Família: Tyrannidae
  • Sub-família: Tyranninae
  • Habitat: Ocorre no Brasil, nos estados de Roraima, Amazonas, Pará e Amapá. Encontrado também do sul do México até a Colômbia, e também Venezuela e Guianas.
  • Alimentação: Alimenta-se principalmente de insetos que captura no ar, em voos acrobáticos que realiza a partir de um galho onde fica empoleirado. Também comem de frutos.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho em forma de cestinho geralmente colocado em forquilhas de árvores ou arbustos. Põe em média 2 ovos por ninhada.
  • Estado de conservação:

    Pouco preocupante

Tesourinha-do-norte Foto: Guilherme Serpa

Características:

O capuz é negro, apresenta no meio do píleo uma coloração amarela, na maioria das vezes escondido, distingue-se contra a garganta e partes inferiores brancas. Dorso cinza uniforme quase branco ( bem mais claro que sua parente próxima T. savana, e que divide o mesmo ambiente na Amazônia durante o período migratório, entre abril e setembro ), com destaque para a longa cauda, que é maior do que o próprio corpo. Há um discreto dimorfismo sexual, sendo que os machos possuem um prolongamento grande da cauda, especialmente das duas penas mais externas. Esta diferença é visível quando as aves estão próximas. O formato da cauda deu origem aos nomes comuns.

Tesourinha-do-norte Foto: Hilton Filho

Comentários:

Frequentam áreas abertas, como os cerrados, pastagens e áreas de cultura, onde ficam pousadas em mourões de cerca, postes, fios e árvores isoladas. Também podem procurar as matas, ou até mesmo cidades.

Tesourinha-do-norte Foto: Hilton Filho

tesourinha-do-norte Áreas de ocorrência no Brasil.

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS - Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências