Vira-folha-cearense – (Sclerurus cearensis)

O vira-folha-cearense Sclerurus cearensis é uma ave da família Scleruridae. Endêmico do Brasil. Ocorre nos estados do Ceará, Bahia e Pernambuco.

Vira-folha-cearense {field 32}
  • Nome popular: Vira-folha-cearense
  • Nome inglês: Ceara Leaftosser
  • Nome científico: Sclerurus cearensis
  • Família: Scleruridae
  • Habitat: Ocorre no nordeste do Brasil, nos estados do Ceará, Bahia e Pernambuco.
  • Alimentação: Alimenta-se de insetos e outros artrópodes. Revolve a serrapilheira em busca de alimento.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo ninhos escavados em barrancos a uma altura média de 1,5 m acima do solo. O túnel termina numa câmara globular expandida, onde uma pequena taça de gravetos consiste no ninho. Põe em média dois ovos brancos.
  • Estado de conservação:

    Vulnerável

Vira-folha-cearense {field 28}

Características:

Diferenças com o vira-folhaSclerurus scansor consistem na vocalização e na carência de escamação escura no pescoço, partes superiores mais brilhantes contrastando menos com os arredores da região uropigiana, peito com avermelhado mais brilhante e bico mais curto (Remsen Jr. 2003).

Vira-folha-cearense {field 8}

Comentários:

Frequentam a vegetação úmida e seca nas serras cercadas pela Caatinga, pode ser considerada relativamente comum onde vive, não habitando a depressão sertaneja (Girão & Albano 2008).

Vira-folha-cearense {field 33}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências