João-teneném-castanho – (Synallaxis rutilans)

O joão-teneném-castanho Synallaxis rutilans é um da família Furnariidae. Ocorre no Brasil, Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.

João-teneném-castanho {field 11}
  • Nome popular: João-teneném-castanho
  • Nome inglês: Ruddy Spinetail
  • Nome científico: Synallaxis rutilans
  • Família: Furnariidae
  • Sub-família: Synallaxiinae
  • Habitat: Toda a Amazônia brasileira e nos demais países amazônicos: Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.
  • Alimentação: Alimenta-se principalmente de insetos e outros artrópodes. Busca alimento entre as folhas mortas e emaranhados de cipós, no chão ou próximo a este.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho, feito de gravetos preso em arbustos, em formato de túnel, com a câmara incubatória ao final.
  • Estado de conservação:

    Pouco preocupante

João-teneném-castanho {field 20}

Características:

Mede em média 14 centímetros de comprimento e pesa entre 15 e 22 gramas. A maioria das subespécies são geralmente de coloração castanho escuro (exceto a ssp. omissa) com a fronte e face de coloração castanho intenso; o queixo e uma faixa da garganta negros, A coloração da porção dorsal da ave torna-se gradualmente castanho acinzentado nas rêmiges, uropígio e uma cauda de coloração cinzenta, assim como o crisso e as penas infracaudais que apresentam a coloração cinza. Olhos castanhos, bico preto, tarsos e pés de coloração cinza escuro.

Possui sete subespécies reconhecidas:

  • Synallaxis rutilans dissors (J. T. Zimmer, 1935) – ocorre no leste da Colômbia (Vichada, Guainía), sul da Venezuela (Amazonas, Bolívar), nas Guianas e no norte do Brasil a leste do rio Negro.
  • Synallaxis rutilans caquetensis (Chapman, 1914) – ocorre no sudeste da Colômbia (Meta e Vaupés), leste do Equador e nordeste do Peru.
  • Synallaxis rutilans confinis (J. T. Zimmer, 1935) – ocorre no noroeste do Brasil a oeste do rio Negro.
  • Synallaxis rutilans amazonica (Hellmayr, 1907) – ocorre no leste do Peru, centro e oeste do Brasil ao sul do rio Amazonas e a oeste do rio Tapajós, e no norte da Bolívia (Pando, La Paz, N Beni).
  • Synallaxis rutilans rutilans (Temminck, 1823) – ocorre na amazônia brasileira, do rio Tapajós até o rio Tocantins, ao sul até o nordeste do estado de Mato Grosso.
  • Synallaxis rutilans omissa (Hartert, 1901) – ocorre no Brasil, na porção leste da amazônia brasileira, do rio Tocantins até o norte do estado do Maranhão. Esta subespécie apresenta a cabeça de coloração cinza escuro.
  • Synallaxis rutilans tertia (Hellmayr, 1907) – ocorre no sudoeste do Brasil na porção sudoeste e sul do estado do Mato Grosso e no leste da Bolívia (Santa Cruz).

(Clements checklist, 2016).

João-teneném-castanho {field 33}

Comentários:

Frequentam o estrato inferior de florestas de terra firme, geralmente em pequenas clareiras originadas de quedas de árvores. Vive normalmente aos pares.

João-teneném-castanho {field 32}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2016.

Referências