Garrinchão-coraia – (Pheugopedius coraya)

O garrinchão-coraia Pheugopedius coraya é uma ave da família Troglodytidae. Ocorre no Brasil, Venezuela, Guianas, Colômbia, Peru e Equador.

Garrinchão-coraia {field 23}
  • Nome popular: Garrinchão-coraia
  • Nome inglês: Coraya Wren
  • Nome científico: Pheugopedius coraya
  • Família: Troglodytidae
  • Habitat: Ocorre em grande parte da Amazônia brasileira, principalmente ao norte do rio Amazonas, nos estados do Amazonas, Roraima, Pará e Amapá, Encontrado também na Venezuela, Guianas, Colômbia, Peru e Equador.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, e outros artrópodes. Junta-se a bandos mistos de aves insetívoras, capturando presas inclusive nos emaranhados de cipós do estrato médio e das bordas.
  • Reprodução: Reproduz-se construindo um ninho com fibras, em formato de bola, com entrada lateral, sobre a qual constrói um puxado extenso, vedando-a completamente. A câmara no interior tem a formato de uma cesto funda.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Garrinchão-coraia {field 20}

Características:

Mede em média14 cm de comprimento. Tem a coroa marrom escura e partes superiores marrom avermelhadas. Cauda barrada de negro. Asas em tom mais escuro que o das costas, sem barras. Faixa superciliar branca. Face predominantemente negra com faixa mais escura chegando até as laterais do pescoço. Garganta branca e partes inferiores bege acinzentadas. Bico e pés escuros. Como muitos representantes dessa família, possui canto bonito, complexo e límpido, com muitas variações.

Possui 9 subespécies reconhecidas:

  • Pheugopedius coraya coraya – ocorre ao norte do rio Amazonas (AM, RR, PA e AP) e também nas Guianas;
  • Pheugopedius coraya griseipectus – ocorre no extremo oeste do AM, L do Equador e NE do Peru;
  • Pheugopedius coraya caurensis – ocorre no leste e sul da Venezuela e região do Pico da Neblina (AM);
  • Pheugopedius coraya barrowcloughianus – ocorre no tepuis Monte Roraima e Monte Cuquenán, na Venezuela;
  • Pheugopedius coraya ridgwayi – ocorre na Gran Sabana na Venezuela e oeste da Guiana;
  • Pheugopedius coraya obscurus – ocorre no tepui Auyan-tepui na Venezuela;
  • Pheugopedius coraya herberti – ocorre ao sul do rio Amazonas entre os rios Tapajós e Tocantins (PA);
  • Pheugopedius coraya albiventris – ocorre no L do Peru no sopé dos Andes;
  • Pheugopedius coraya cantator – ocorre na região montanhosa do SE do Peru próximo a Cusco;
Garrinchão-coraia {field 11}

Comentários:

Frequenta o sub-bosque ou no chão de florestas úmidas e capoeiras, sendo mais freqüente próximo a água. Vive aos pares ou em grupos familiares.

Garrinchão-coraia {field 25}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências