Garrinchão-de-bico-grande – (Cantorchilus longirostris)

O garrinchão-de-bico-grande é uma ave da família Troglodytidae. Conhecido também como cambaxirra-grande, corruíra-açu, corruiraçu, corruiruçu, gambacheira-grande, garrincha-de-bico-grande.

Garrinchão-de-bico-grande {field 5}
  • Nome popular: Grrinchão-de-bico-grande
  • Nome inglês: Long-billed Wren
  • Nome científico: Cantorchilus longirostris
  • Família: Troglodytidae
  • Habitat: Ocorre no Brasil numa faixa litorânea que vai do Piauí a Santa Catarina. Endêmico do Brasil
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos larvas e outros artrópodes. Também pode ser visto se alimentando ou bebendo a água de algumas espécies de Helicônia.
  • Reprodução: Constrói o ninho coberto, com acesso lateral e com um extenso puxado por cima da entrada. Além do ninho utilizado para procriar, constrói uma cestinha menos profunda e sem o puxado que utiliza para dormir. ESPÉCIE SEM DIMORFISMO SEXUAL
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Garrinchão-de-bico-grande {field 5}

Características:

Mede cerca de 15 cm de comprimento. Tem asas e cauda finamente barradas de negro e barriga avermelhada e um bico extremamente longo, 25 milímetros.

Possui duas subespécies reconhecidas:

  • Cantorchilus longirostris longirostris (Vieillot, 1819) – ocorre na região costeira do sudeste do Brasil; do leste do estado de Minas Gerais e sul do estado Bahia até o norte do estado do Paraná.
  • Cantorchilus longirostris bahiae (Hellmayr, 1903) – ocorre no nordeste do Brasil; do leste do Piauí e Ceará até o norte do estado de Minas Gerais, na Bahia e em Alagoas.

Aves Brasil CBRO – 2015 (Piacentini et al. 2015); (Clements checklist, 2014)

Garrinchão-de-bico-grande {field 5}

Comentários:

Frequenta a beira da mata, densa mata secundária, caatinga e também costuma freqüentar manguezais. É de índole inquieta. Locomove-se às vezes no solo pulando através da ramaria e da folhagem. Trai sua presença pelo rumor que faz remexendo e virando folhas secas a baixa altura ou no solo. Dorme no próprio ninho, às vezes o casal junto e até a família toda. O indivíduo pode fazer um pequeno ninho para dormir sozinho.

Garrinchão-de-bico-grande {field 5}
Referências bibliográficas:
  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • Piacentini et al. (2015). Annotated checklist of the birds of Brazil by the Brazilian Ornithological Records Committee / Lista comentada das aves do Brasil pelo Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. Revista Brasileira de Ornitologia, 23(2): 91–298.
  • Wikiaves – disponível em https://www.wikiaves.com.br/wiki/garrinchao-de-bico-grande Acesso em 08 Setembro de 2016.
  • Avibase – disponível em: https://avibase.bsc-eoc.org/species.jsp?avibaseid=8966445C Acesso em 12 de Maio de 2009.