Tico-tico-de-costas-cinza – (Arremon polionotus)

O tico-tico-de-costas-cinza Arremon polionotus é uma ave da família Passerellidae. Ocorre no Brasil, Argentina, Paraguai e Bolívia.

Tico-tico-de-costas-cinza Foto – Aisse Gaertner
  • Nome popular: Tico-tico-de-costas-cinza
  • Nome inglês: Gray-backed Sparrow
  • Nome científico: Arremon polionotus
  • Família: Passerellidae
  • Habitat: Ocorre no Brasil nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. Encontrado também no Paraguai, Bolívia e Argentina.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, sementes e frutos, caçados principalmente no chão
  • Reprodução: ?
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Tico-tico-de-costas-cinza Foto – Aisse Gaertner

Características:

Mede em média 16 cm de comprimento e pesa entre 20 e 33 gramas. O laranja forte do bico (faixa negra no cume) forma um contraste único com o negro da cabeça (listra acinzentada no centro) e a listra branca. Costas cinzas, com asas esverdeadas e o encontro amarelo. A garganta é branca, tendo uma característica faixa peitoral negra, larga. Dependendo da posição da ave, essa faixa pode parecer mais estreita do que é. O restante do peito e barriga cinza claro, quase branco. Longas pernas cinza. O macho com a cabeça e o peito coloridos fortemente de preto e branco, dorso verde, como cinzento. Bico amarelo-avermelhado. A fêmea é semelhante ao macho diferindo pelas partes inferiores ligeiramente pardacentas e pelo colar negro interrompido.

Tico-tico-de-costas-cinza Foto – Renato Costa Pinto

Comentários:

Frequenta bordas de mata densa próximo a clareiras onde desce ao chão a procura de alimento.

Tico-tico-de-costas-cinza Foto – Renato Costa Pinto

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • ITIS – Integrated Taxonomic Information System (2015); Smithsonian Institution; Washington, DC.
  • CLEMENTS, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L.. The Clements checklist of Birds of the World: Version 6.9; Cornell: Cornell University Press, 2014.

Referências