Saracuruçu – (Aramides ypecaha)

A saracuruçu Aramides ypecaha é uma ave da família Rallidae. Ocorre no Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.

Saracuruçu {field 25}
  • Nome popular: Saracuruçu
  • Nome inglês: Giant Wood-Rail
  • Nome científico: Aramides ypecaha
  • Família: Rallidae
  • Habitat: Ocorre nos estados da Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Sul,Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de pequenos anfíbios, cobras, minhocas e outros invertebrados.
  • Reprodução: Constrói o ninho de plataforma, feito de galhos secos, colocado em arbustos ribeirinhos à altura de solo ou sobre a água. Tem em média 5 filhos por ninhada. ESPÉCIE SEM DIMORFISMO SEXUAL
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Saracuruçu {field 11}

Características:

Mede em média 50 centímetros de comprimento. Tem a porção dianteira da face e a fronte de coloração cinza, a traseira da sua cabeça, nuca e porção posterior do pescoço são castanhos. O bico é verde-amarelado sendo que sua base se apresenta de coloração alaranjada. A porção distal do bico é cinza. A íris é vermelha e circundada por um anel periocular de coloração rosada. O dorso é marrom oliváceo. O uropígio, crisso bem como sua cauda são negros. A garganta é cinza, ligeiramente esbranquiçada e seu peito é cinza azulado. O ventre e os flancos são castanhos com uma tonalidade rosada. As penas coberteiras sob as asas são barradas de cinza escuro e os calções são de coloração cinza.

Saracuruçu {field 20}

Comentários:

Frequenta matas de galeria, matas ciliares, pantanais e áreas adjacentes. Muito barulhenta em seu biótopo, vocaliza mais durante o dia, reunindo-se em casais ou grupos familiares.

Saracuruçu {field 19}

Consulta bibliográfica sobre a espécie:

  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • CLEMENTS, J. F.; The Clements Checklist of Birds of the World. Cornell: Cornell University Press, 2005.

Referências