Pica-pau-de-cabeça-amarela – (Celeus flavescens)

O pica-pau-de-cabeça-amarela Celeus flavescens é uma ave da família Picidae. É também conhecido como João-velho, Pica-pau-amarelo, Pica-pau-loiro e Pica-pau-velho e pica-pau-cabeça-de-fogo. Mede cerca de 27 cm de comprimento, tem a cabeça e faces amarelas, o corpo preto barrado de branco e partes inferiores pretas, o macho tem uma faixa malar vermelha .Ocorre no Brasil do Amazonas até ao Rio grande do Sul, encontrado também na Argentina e Paraguai.
Pica-pau-de-cabeça-amarela {field 5}
  • Nome popular: Pica-pau-de-cabeça-amarela
  • Nome inglês:Blond-crested Woodpecker
  • Nome científico: Celeus flavescens
  • Família:Picidae
  • Habitat: Ocorre da margem setentrional do baixo Amazonas ao Rio Grande do Sul, Paraguai e Argentina.
  • Alimentação: Sua alimentação consiste basicamente de insetos, suas larvas e ovos, formigas e cupins nas árvores ou no solo e de uma grande variedade de frutas e bagas, eventualmente também come néctar de flores.
  • Reprodução: Constrói seu ninho em árvores secas e formigueiros arborícolas onde põe 2 a 4 ovos brancos e brilhantes. O macho e a fêmea chocam os ovos e participam da criação dos filhotes.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Pica-pau-de-cabeça-amarela {field 5}
Características:

Mede cerca de 27 cm de comprimento. Tem a cabeça e face amarela, com proeminente topete da mesma cor, o macho tem faixa malar vermelha. Partes superiores pretas, barradas de branco e partes inferiores uniformemente pretas.>/p>

Possui 3 subespécies:
  • Celeus flavescens flavescens.
  • Celeus flavescens intercedens.
  • Celeus flavescens ochraceus.
Pica-pau-de-cabeça-amarela {field 5}
Comentários:

Frequentam beira de mata, mata de galeria e pomares, embora sejam arborícolas, gostando de bagas e frutas, descem ao solo onde comem formigas e cupins. AMEAÇAS: Alteração do hábitat natural. O reflorestamento de áreas desmatadas com plantações de pinheiros e eucaliptos não favorece a instalação de pica-paus, que precisam de árvores grandes com ocos adequados para a construção de seus ninhos e também como abrigo para dormir, o uso indiscriminado de inseticidas prejudica muito os pica-paus já que eles consomem uma grande quantidade de insetos diariamente.

Pica-pau-de-cabeça-amarela {field 5}
Referências & Bibliografia:

Pica-pau-rei – (Campephilus robustus)

O Pica-pau-rei Campephilus robustus é uma ave da família Picidae. Conhecido também como, pica-pau-de-cabeça-vermelha, pica-pau-galo, pica-pau-grande, é considerado o maior pica-pau do Brasil.
Pica-pau-rei {field 5}
  • Nome popular: Pica-pau-rei
  • Nome inglês: Robust Woodpecker
  • Nome científico: Campephilus robustus
  • Família: Picidae
  • Habitat: Pode ser encontrado de Goiás, Minas Gerais e Bahia até o Rio Grande do Sul.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, forrageando em árvores infestadas pelos mais variados tipos de insetos e larvas. Martelam o tronco com força, perfurando a casca, e capturam as presas com a língua pegajosa de ponta afiada. A língua móvel é também adequada para lamber o sumo de frutas moles. Assim, embora úteis ao homem no controle de insetos e larvas nocivas à madeira, os pica-paus podem provocar alguns estragos em pomares.
  • Reprodução: Utiliza troncos de diferentes estratos vegetacionais de ambientes florestais, cujas cavidades servem como nidificação, dormitório e abrigo. Seu período reprodutivo compreende os meses de outubro e novembro (Bustamante 1996). Casal elabora com grande dedicação a cavidade em que nidifica, em muitos casos fazendo uma a cada estação reprodutiva.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Pica-pau-rei {field 5}
Características:

O Pica-pau-rei é considerado o maior pica-pau do Brasil, medindo 36cm, com peso médio de 200g. De rara beleza, possui a cabeça e o pescoço vermelhos, dorso creme, asas e cauda negras. O peito e o ventre são brancos, inteiramente barrados de finas faixas horizontais negras. O macho tem uma pequena mancha auricular preta e branca, enquanto a fêmea possui uma grande estria malar branca, vilada de negro. Embora não existam dados bioecológicos específicos sobre C. robustut, é provável que seus padrões reprodutivos sejam semelhantes aos dos pica-paus em geral.

Pica-pau-rei {field 5}
Comentários:

Para marcação de território ou para comunicação entre machos e fêmeas, usa valorização e, até certo ponto, também o “tamborilar”. Outro tipo de batimento repetitivo constitui o “cinzelar”, usado para procura de alimentos ou para construção de cavidades para nidificação. Assim como as demais espécies de pica-pau. C. robustus possui um canto territorial, diversos tipos de chamados e uma música instrumental, o “tamborilar”. Ela é executada através de repetidos golpes do bico sobre a superfície de troncos secos ou ocos, substrato escolhido de maneira a proporcionar boa ampliação da sonoridade e alcance do ruído. C. robustus faz um “tamborilar” bissilábico, que pode soar como uma voz e ser individualmente diferente. Para marcação de território ou para comunicação entre machos e fêmeas, usa valorização e, até certo ponto, também o “tamborilar”.

Pica-pau-rei {field 5}
Referências & Bibliografia:
  • FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec – Ecologia Técnica Ltda.
  • SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997.
  • Sigrist, Tomas Sigrist; Guia de Campo Avifauna Brasileira 1ª edição 2009 Avis Brasilis Editora.
  • Wikiaves – disponível em: https://www.wikiaves.com.br/wiki/pica-pau-rei Acesso em 08 Setembro de 2011.
  • Wikipédia disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pica-pau-rei Acesso em 13 de Outubro de 2011.