Login

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
A cambacica Coereba flaveola é uma ave da família Thraupidae. É também conhecida como mariquita, chiquita, sebinho e caga-sebo.
  • Nome popular: Cambacica
  • Nome inglês: Bananaquit
  • Nome científico: Coereba flaveola
  • Família: Thraupidae
  • Habitat: Pode ser encontrada em quase a América do Sul e Central desde o México até á Argentina com exceção do Chile, vive sozinha ou aos pares é extremamente ativa, geralmente vivem em áreas abertas com matas pequenas e arbustos principalmente os que dão flores.
  • Alimentação: Néctar, frutas, artrópodes e pequenos insetos gostam muito de banana, mamão, jabuticaba e laranja.
  • Reprodução: O ninho para a reprodução é feito de palhas, folhas, capins e teias de aranhas, construído pelo casal onde a fêmea deposita dois ou três ovos sendo encubados exclusivamente pela fêmea.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Foto – Afonso de Bragança
Cambacica
Foto – Edgard Thomas
Cambacica

Características:

Mede aproximadamente 10,8 centímetros e pesa cerca de 10 gramas. Tem o dorso marrom, o peito e o abdome amarelos, o pescoço cinza e a cabeça listrada preta e branca, não apresentando diferenças na plumagem em relação aos machos e fêmeas.

Comentários:

Vive solitária ou aos pares e é bastante ativa. Toma banho muitas vezes, por causa do contato com o néctar pegajoso. Seu canto é relativamente forte, simples e monótono, e emitido incansavelmente. Canta a qualquer hora do dia e em qualquer época do ano. A fêmea também canta, mas pouco e por menos tempo. Para amedrontar um rival, põe-se de pé, estica o corpo e vibra as asas. Muito briguentas, as cambacicas chegam a cair engalfinhadas no solo, onde continuam a luta. Na busca por alimento, muitas vezes fica de cabeça para baixo em um galho, visando atingir a flor. Geralmente está no meio das folhas e movimenta-se pelo interior da copa. Entretanto, voa bem e atravessa áreas abertas entre matas ou para visitar uma árvore isolada e florida em um campo. Também visita arbustos isolados e próximos à mata. É comum em uma grande variedade de hábitats abertos e semi-abertos onde existam flores, inclusive em quintais. Adapta-se facilmente a ambientes urbanos, sendo comum até em cidades do porte de São Paulo e Rio de Janeiro.
Foto – Edgard Thomas
Cambacica
Foto – Afonso de Bragança
Cambacica
Referências Bibliográficas: FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda. SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. Wikiaves
Topo